A Apple segue fazendo a sua “limpeza”. Depois da saída de Scott Forstall e outros executivos no mês passado, agora sabemos que o próximo a sair é Richard Williamson, executivo responsável pela supervisão do Mapas para o iOS 6. Em uma nota publicada pelo site da Bloomberg, temos a informação que a demissão aconteceu pelos motivos mais óbvios do mundo: o retumbante fracasso da mudança do Google Maps para o Apple Maps no lançamento do iOS 6.

Pelo o que se sabe até esse momento, Eddy Cue demitiu Williamson especificamente por causa do Apple Maps. Essa era uma atitude que muitos esperavam, já que ainda que os mapas da Apple sejam considerados hoje “usáveis”, eles ficavam muito abaixo da experiência que já era entregue pelos mapas do Google. Eddy assumiu no mês passado o comando dos serviços do iOS, e tem como objetivo principal solucionar os problemas dos produtos que ficaram mal finalizados, como o Mapas e o Siri.

As primeiras consequências dessas mudanças já podem ser observadas. A Apple demitiu o principal responsável pelo fracasso do mapas, e Eddy Cue já está buscando sugestões e opções fora da Apple para encontrar aquele que vai melhorar o serviço. Rumores dão conta que o executivo está entrando em contato com experts no mundo de mapas, e com o pessoal da Tom Tom para assumir o aplicativo.

Se essas mudanças vão servir para criar uma estrutura interna mais eficiente, só o tempo vai dizer. Sabemos apenas que a Apple está fazendo mudanças nos dados envolvendo o Mapas todos os dias. Com essas mudanças no diretivo, é possível que essas mudanças se reflitam de forma mais clara no aplicativo em um menor tempo.