Quero pensar que Tim Cook não teve outra opção, a não ser continuar lutando nas batalhas legais que a Apple se viu envolta durante a direção de Steve Jobs, porque como disse o próprio CEO da empresa de Cupertino, ele sempre “odiou o litígio”. E, se realmente ele prefere evitar os tribunais, provavelmente a patente conquistada hoje (06/06) será uma mera formalidade. E os rivais da Apple passam a ter muito o que temer.

A Apple conseguiu patentear nos Estados Unidos o formato do MacBook Air, mas não com todos os seus detalhes, incluindo botões, conectores e pés, mas sim o próprio perfil, representado nas imagens que ilustram esse post pelas linhas sólidas, para ilustrar a tampa e o fundo do portátil.

Ou seja, o design que temos é bem genérico, e que em pleno apogeu do ultabook (que basicamente se sustenta pelo perfil de baixa espessura e linhas cortantes, como o ASUS Zenbook), tal patente pode ser utilizada como uma arma de “destruição em massa” (ou de ameaça em larga escala) contra os inimigos da Apple.

Mas só o tempo vai dizer qual o uso que a Apple vai dar para essa patente.

Via The Verge