É possível que você tenha uma certa sensação de “déjà-vu” ao ler esta notícia, mas acredite: ela é totalmente nova. A publicação holandesa WebWereld informa que a Apple ganhou no tribunal de Dusseldorf em instância preliminar o processo (dos trocentos mil que eles moveram) contra a Samsung, proibindo assim a venda do Galaxy Tab 7.7 não só na Alemanha, mas sim em toda a União Europeia.

O motivo que levou a corte germânica a tomar esta decisão é que eles consideram que o tablet viola algumas patentes de design da Apple, que datam do ano de 2004. Ainda que esta restrição tenha um alcance europeu, aparentemente outros países poderão optar por não aplicar a decisão. E, como nem tudo pode sair como planejado, a Apple também sofreu uma derrota no mesmo tribunal, tendo sua solicitação em restringir as vendas do Galaxy Tab 10.1N na Alemanha rejeitadas. Vale lembrar que a Samsung apresentou o 10.1N como uma repaginação do 10.1, para tentar se salvar das brigas judiciais com a empresa de Cupertino.

Diante do lastro encontrado no Tab 7,7, a Samsung não ficou calada, e já manifestou sua opinião a respeito, aceitando a decisão do juiz alemão, mas lamentando que as alegações da Apple estão restringindo “a inovação do design e o progresso da indústria”. E a patética guerra de patentes continua.

Via The Next Web