macbook-2015-02

A Aple apresentou o seu novo MacBook (sem Pro ou Air no nome), que segundo a empresa é ‘o mais eficiente que a Apple jamais criou’. O novo portátil tem tela Retina de 12 polegadas, peso de 900 gramas e espessura de 13.1 mm, sendo assim 24% mais fino que o MacBook Air.

O modelo recebeu uma série de modificações, melhorias e tecnologias para ser um computador portátil realmente fino, leve e potente. Tudo começa pelo teclado, onde a Apple chegou ao extremo de destacar as modificações do mecanismo de acionamento de teclas, que foi refeito do zero até alcançar o resultado de ‘mecanismo de mariposa’. O resultado é um teclado 40% mais fino.

teclado-novo-macbook

A já destacada tela Retina de 12 polegadas possui uma resolução de 2304 x 1440 pixels. Outra novidade do novo MacBook é o Force Touch, um trackpad que possui quatro sensores e um motor sensível ao toque. Os sensores substituem o botão direito do mouse por uma pulsação mais forte, que pode ser configurada para estabelecer ações para esse toque personalizado.

macbook-trackpad

Seu interior apresenta uma nova interação da arquitetura unibody, que se destaca por um design sem ventiladores. Sua placa-mãe ocupa 67% menos espaço, e o processador Intel Core M (Broadwell) a 1.3 GHz é o novo destaque positivo do produto, já que esse chip consome apenas 5 W de energia.

A escolha desse processador está diretamente ligada ao design, mas também temos que pensar no impacto desse componente da produtividade geral do produto. Será um computador eficiente para muitas tarefas, mas talvez ele deixe a desejar em funções com muito apelo para a Apple, como por exemplo a criação audiovisual.

650_1000_apple-evento-marzo-22

Todo o espaço ganho permitiu a integração de baterias assimétricas, aproveitando assim toda a superfície por conta das novas baterias, que prometem uma autonomia de 9 horas de navegação na web. O novo MacBook conta com conectividades WiFi 802.11ac e Bluetooth 4.0, além de 256 GB de armazenamento em SSD, chip gráfico Intel Graphics 5300 e 8 GB de RAM, na sua versão mais básica.

Outra novidade interessante é a chegada do conector USB-C (USB 3.1 Type C), que além de ser reversível, permite uma versatilidade muito maior, substituindo o conjunto de conectores tradicionais – incluindo o Thunderbolt, aposta da Apple que foi esquecida nesse novo MacBook. Conectores como VGA, DisplayPort e HDMI também foram eliminados, restando essa como única opção, assim como o leitor de cartões, que desapareceu do equipamento.

O novo MacBook estará disponível em duas versões a partir do dia 10 de abril, e em vários países (que a Apple não especifica). Os dois modelos custarão US$ 1.299 (256 GB de armazenamento e o processador base) e US$ 1.599 (processador Intel Core M de 1.2 GHz e 512 GB de SSD). As opções de cores do novo MacBook serão as mesmas do iPhone e iPad (prata, cinza espacial e dourado).

650_1000_apple-evento-marzo-27

A Apple não se esqueceu dos antigos MacBook Air e MacBook Pro. Os dois modelos foram atualizados com os processadores Intel de quinta geração (Broadwell), onde o MacBook Pro de 13 polegadas recebe também o trackpad Force Touch, além de unidades SSD duas vezes mais rápidas que suas antecessoras. O MacBook Air também recebe a o novo processador e a nova SSD.

A autonomia de bateria dos dois modelos também aumentou (no caso do MacBook Pro de 13 polegadas para até 10 horas de navegação).

Mais imagens do novo MacBook a seguir.

macbook-2015-03 macbook-2015-07 macbook-2015-06 macbook-2015-04 macbook-2015-03 macbook-2015