Não faz muito tempo que o Google informou ao mundo que tinha alcançado a marca de 700 mil aplicativos para o Android na Google Play. Pois bem, a Apple mostra que Larry Page e sua turma ainda precisam suar mais um pouco para alcançar a grandiosidade da App Store. A empresa de marketing para aplicativos móveis Appsfire informou hoje (19) que a loja de aplicativos mais popular do planeta alcançou a marca de 1 milhão de aplicativos registrados.

A marca foi divulgada pela conta do Twitter do co-fundador da Appsifire, Ouriel Ohayon, que também informou que aproximadamente 493 mil aplicativos são pagos, onde 159 mil são jogos. No total, existem hoje aproximadamente 736 mil apps disponíveis na Apps Store, e pelo menos 1/4 de todos os aplicativos registrados na loja foram removidos.

Os números se alinham com aquilo que a própria Apple divulgou recentemente, onde mais de 35 bilhões de downloads foram realizados na App Store desde o lançamento da loja, em 2008. Alguns analistas internacionais afirmam que a Apple pode dominar o mercado de aplicativos para dispositivos móveis até 2017. E acredito que tal previsão tenha grandes chances de se concretizar. Afinal de contas, a Apple vai continuar a investir no mercado para dispositivos móveis, e com a vantagem criada no segmento de tablets, esse domínio deve estar garantido.

Não estou aqui ignorando o crescimento da Google Play, que rapidamente alcançou a marca de 700 mil aplicativos disponíveis. Cada vez mais os aplicativos para Android são criados ou portados de outras plataformas. Porém, um grave problema da loja do Google é a baixa oferta de apps desenvolvidos especificamente para os tablets. E é nesse quesito que a Apple vai ampliar a sua vantagem, e estabelecer o seu domínio no mercado de aplicativos móveis. Além disso, a App Store é uma plataforma mais propícia para aqueles que pretendem ganhar dinheiro no mercado de aplicativos, uma vez que já está provado que os usuários dos iDevices são mais propensos a pagarem pelos aplicativos utilizados em seus dispositivos que os usuários do Android.