Skype-desktop-API

Eu comprei recentemente um novo notebook para produzir melhor os trabalhos que envolvem os meus blogs. E durante o processo de reinstalação dos programas que uso para trabalhar, me deparei com um alerta que chamou a minha atenção. Após a instalação do Skype, o aplicativo emitiu um alerta informando que, a partir do mês de dezembro de 2013, os aplicativos de terceiros não mais serão compatíveis com o programa de comunicação por voz e vídeo da Microsoft.

Nessa semana, o Skype oficializa isso de vez, reforçando em seu site oficial a decisão. Entrando em detalhes, a atual API oferecida por eles para que os aplicativos para desktops de outros desenvolvedores sejam funcionais com o serviço não serão mais compatíveis com o comunicador instantâneo a partir de dezembro.

A Microsoft explica que eles estão trabalhando no desenvolvimento de novas tecnologias para o Skype desde a sua aquisição, como o objetivo de melhorar o serviço como um todo, principalmente para os usuários de dispositivos móveis. Também informa que a atual API do Skype para desktops foi criada em 2004, e no momento, não possui suporte para apps móveis, o que foi decisivo para a decisão da mudança.

A consequência disso? Câmeras e headsets de outros fabricantes, que não possuem a certificação Skype/Microsoft, não mais serão compatíveis com o aplicativo, deixando muitos usuários “cegos e mudos”. Além disso, muitos desenvolvedores que investiram tempo e dinheiro para desenvolver os seus aplicativos que trabalham em conjunto com o Skype também morrem na praia, com um baita prejuízo nas mãos.

E o que isso afeta na vida dos podcasters? 

Muitos dos meus colegas podcasters (eu, inclusive) gravam os seus programas através do Skype, com a ajuda de um software de gravação simultânea da chamada. Com a decisão da Microsoft, todos esses aplicativos simplesmente vão parar de funcionar, sem falar nos dispositivos que já citamos (microfones, headsets, etc), que se tornarão incompatíveis.

No caso do TargetHD Podcast, nada muda, pois gravo sozinho o programa. Já no caso do SpinOff Podcast e de outros podcasts que ouço e acompanho, a questão se torna um pouco mais complexa. Uma das soluções que apareceram como um paliativo para o problema é a gravação via Hangout, e a conversão do vídeo no formato de áudio. Não é a ideal, mas é a primeira que vem à mente.

E vocês? Como vão resolver a questão do Skype, que agora só brinca com produtos da Microsoft?

Para mais informações sobre a decisão da mudança da API para desktop do Skype, clique aqui e acesse a página de suporte do serviço.