AOL Instant Messenger

Quando estreou em maio de 1997, o AOL Instant Messenger (AIM) foi uma revolução, marcando um ponto de inflexão e abrindo as portas para a chegada de soluções como o Windows Live Messenger, o Facebook Messenger, o Snapchat, o WhatsApp, o Skype, entre outros.

O AOL Instant Messenger foi muito popular e muito reconhecido pelos usuários, principalmente pelo suporte multiplataforma. Porém, o aplicativo que se mantém vivo há mais de 20 anos vai ser descontinuado “à força”.

O fim do AIM vai acontecer em 15 de dezembro de 2017, e o serviço fará parte da história da informática, tendo o mesmo fim do Windows Live Messenger.

 

 

A decisão não pega ninguém de surpresa. O que surpreende é saber que ele ainda estava vivo. Hoje, aplicativos de mensagens instantâneas dominam o mercado, e a forte presença das redes sociais eclipsaram por completo o AIM.

Se você ainda tem uma conta ativa no serviço, deve recuperar os seus dados antes de 15 de dezembro. Depois disso, esses dados desaparecem completamente.

A AOL LLC, responsável pelo AOL Instant Messenger, se despede dos seus fãs com uma mensagem onde explicam que o foco sempre foi oferecer uma experiência inovadora para os consumidores, e que se demostram emocionados em poder centrar seus esforços na próxima geração de produtos que vai mudar a vida dos usuários.

 

Via HotHardware