anymal

A Escola Politécnica Federal de Zurique (ETH) quer fazer frente à Boston Dynamics, com projetos tão bons que até a Disney está investindo neles. O último desses projetos é o do robô quadrúpede ANYmal, que não para de aprender novos truques.

Esse robô é totalmente autônomo, e conta com tecnologias pensadas nas tarefas de busca e resgate. Seu design permite o deslocamento em terrenos complicados como desníveis, escaladas e obstáculos.

Os últimos avanços da ETH colocam o ANYmal como opção viável em diferentes setores. Seu design suporta condições hostis, já que é à prova de água e suporta temperaturas que variam entre -30 e +40 graus Célsius.

O ANYmal possui microfones, iluminação, sensores de detecção de gás, câmeras óticas e térmicas e sensores laser que mapeiam em tempo real o seu entorno de forma contínua e precisa. Assim, ele planeja sua rota de deslocamento, evitando os obstáculos e selecionando os seus pontos de apoio enquanto caminha.

Seu peso é de 30 kg, e as patas podem se unir ao corpo para facilitar o transporte. Talvez seu ponto mais débil seja a sua bateria, que oferece apenas duas horas de autonomia. Porém, é uma bateria removível e de fácil substituição.

Por enquanto, não há planos para uma versão comercial do ANYmal, já que a ideia é ir aperfeiçoando e fazendo provas em diferentes entornos para conhecer o seu comportamento. Hoje ele é testado em plataformas marinhas de petróleo e gás, onde esperam receber retroalimentação para melhorar o seu desempenho.