cota-android-queda-graph

Começam a aparecer os primeiros sinais de diminuição do número de usuários Android nos Estados Unidos. Os resultados do estuo também mostram outra tendência: que o número de usuários do iPhone cresceram mais do que os usuários Android nos últimos seis meses, ainda que não sejam suficientes para que o sistema da Apple supere a plataforma da Google em um curto espaço de tempo.

O estudo realizado pela ASYMCO revela que as vendas de smartphones Android não variaram, experimentando um cenário de estagnação. Enquanto isso, a Apple teve uma evolução significativa nas vendas, e pode até retomar a liderança de vendas nos Estados Unidos a longo prazo, com o lançamento dos novos modelos previstos para o mês de setembro.

A terceira posição entre os sistemas operacionais pertence ao Windows Phone. Sobre a BlackBerry, a situação da empresa nos Estados Unidos é muito preocupante, uma vez que este era o mercado onde os usuários ainda seguiam apostando nos produtos da marca.

Voltando ao Android, o que aconteceu com o sistema operacional ainda não é um desencanto repentino dos usuários, mas sim que os novos usuários não estão optando pelos smartphones com esse sistema quando compram o seu primeiro smartphone. Um dos motivos dessa mudança de tendência está na fragmentação do Android, que poderia estar confundindo os novatos, que preferem optar por sistemas mais definidos, como o iOS ou o Windows Phone.

Mas isso, na teoria. Temos que esperar mais seis meses para saber se isso tudo se confirma na prática.

Via ASYMCO