android-marshmallow-robot

Os primeiros testes mostram que o Android Marshmallow teria conseguido melhorar a duração da bateria em até três vezes diante do Android 5.1.1 Lollipop, uma notícia muito positiva, mas que ainda se limita a medir o tempo de standby.

Como podemos ver no quadro desse post, os testes foram realizados utilizando um Nexus 5 com Android Marshmallow e o Android 5.1.1, e indica a porcentagem de bateria consumida depois de 8 horas, 24 horas e 48 horas nesse modo. Fica claro que a diferença é grande, a ponto que, de acordo com os cálculos feitos com o Nexus 5 na nova versão do Android, o dispositivo poderia sobreviver por até 533 horas em modo de espera, enquanto que o Android Lollipop ficaria na casa das 200 horas.

Estes são cálculos aproximados, ou seja, podemo variar de acordo com diferentes condições e situações. Mas já dá para ter uma ideia das melhorias no consumo de bateria que a Google introduziu no Android Marshmallow.

screen-shot-2015-08-24-at-14-45-54

É inegável que os resultados são promissores, principalmente se levarmos em conta que falamos de uma versão prévia do Android Marshmallow, ou seja, ainda inacabada e com margem de melhora para a versão final. O novo Android chegará ao mercado ainda nesse trimestre.

 

Via WCCFTech