idc-tablets-q3-2013

Que o iPad é o tablet dominante do seu segmento, não há muitas dúvidas disso. Porém, muitos também acreditam que o seu reinado alcançou o seu limite. E o último relatório de participação de mercado da IDC mostra isso, uma vez que o tablet da Apple só cresceu em 0.6% o seu market share em relação aos números do mesmo período do ano em 2012. Já os tablets Android seguem crescendo em velocidades espetaculares.

Segundo o IDC, os principais responsáveis pela estagnação do iPad são os tablets da Samsung e da ASUS. A Samsung acumula hoje 20.4% do mercado mundial de tablets. Em 2012, essa participação era de 12.4%. Ou seja, temos aqui um expressivo crescimento de 123%. Da mesma forma, a ASUS passou de 4.5% em 2012 para 7.4% nesse ano. Porém, quem registrou os maiores crescimentos percentuais em 12 meses no segmento de tablets foram a Lenovo e a Acer, com taxas de crescimento superior aos 300%.

Voltando ao iPad. Com uma taxa de crescimento quase nula, a sua cota de mercado hoje é inferior a 30% (já chegou a assustadores 90% em 2011), mas temos que levar em consideração que esses números foram registrados antes do início das vendas dos novos iPad Air e iPad mini Retina. Como os novos tablets só poderão ser incluídos na análise de mercado do próximo trimestre (e como as vendas de Natal devem impulsionar ainda mais esse lançamento), é esperado que essa porcentagem do iPad suba com maior ênfase no próximo relatório.

Por fim, vale a pena observar que aqueles dispositivos classificados como “outros” (outros fabricantes) contam com 35.3% do mercado global, e nessa conta, entram produtos da Amazon e da Microsoft.

Via IDC