xzsh20-1374683402.jpg.pagespeed.ic.5iPsO0k3TD

Também sem gerar nenhum tipo de surpresa para os mais antenados no mundo tech, a nova versão do sistema operacional móvel da Google, o Android 4.3 Jelly Bean, foi anunciada de forma oficial. A nova versão começa a ser distribuída inicialmente para os dispositivos da linha Nexus já existentes, além do tablet Nexus 7, anunciado hoje (24).

À princípio, não há grandes mudanças estéticas na interface do Android 4.3 Jelly Bean. As principais modificações foram feitas em pequenas novidades de gerenciamento do sistema e para um melhor desempenho geral dos dispositivos que vão receber o sistema operacional. Algumas mudanças se convertem em melhorias diretas na execução de tarefas e aplicativos. Já outras visam uma maior segurança e gerenciamento do dispositivo por parte do usuário.

Uma dessas mudanças é a criação de perfis diferentes e o respectivo controle de cada perfil sobre a utilização do dispositivo. A partir de agora, o dono de um dispositivo Android pode restringir algumas áreas de aplicativos, fases de um jogo, funções de pagamento em outros sites (ou na Google Play), entre outros recursos.

Com essas alterações, a ideia é que um mesmo dispositivo possa ser manipulado de forma mais livre por um grupo diferente de usuários com uma maior segurança, utilizando perfis de usuários diferentes, com níveis de personalização distintos.

android-43-open-gl

Outra importante novidade presente no android 4.3 Jelly Bean é a presença do suporte ao OpenGL ES 3.0. Com isso, os desenvolvedores de games e aplicativos que exploram mais as possibilidades gráficas dos dispositivos podem criar gráficos mais elaborados e realistas, principalmente nos aspectos de iluminação, reflexão de objetos e texturas dos elementos exibidos na resolução nativa de 1080p.

Pelo menos na demonstração feita no evento de hoje, os resultados são promissores. Aliás, mais do que isso: são muito bons, se levarmos em conta que estamos falando de um sistema operacional móvel.

Outras novidades destacadas: 

Google Play: seu sistema de busca ficou mais refinado, com uma função que procura de forma mais específica os aplicativos  para os tablets.

Google Play Games: o aplicativo apresentado na Google I/O 2013 foi finalmente lançado, e não apenas vai concentrar todos os jogos instalados em seu dispositivo, mas também vai aglutinar os seus círculos do Google+ para facilitar a criação de partidas em modo multiplayer, oferecendo assim um maior incentivo para que você use ainda mais a rede social da Google.

Google Play Textbooks: essa nova categoria dentro da Google Play Store é especialmente dedicada aos livros escolares. Inicialmente, estará disponível apenas nos Estados Unidos, e vai abrigar livros disponíveis para venda ou aluguel de até seis meses, oferecendo descontos de até 80% nas modalidades de consumo. A plataforma estreia nos EUA no mês de agosto, e permite a sincronização de conteúdos e perfis com dispositivos Android e iOS via internet.

Netflix: passa a oferecer o streaming de vídeo na resolução de 1080p, desde que os dispositivos em questão sejam compatíveis com essa resolução de imagem (como é o caso do Nexus 7 2013).

Para mais informações sobre o Android 4.3 Jelly Bean, clique aqui.