lg-nexus-4

Como ainda não recebi notícias sobre o problema que é descrito nesse post em aparelhos vendidos no Brasil, fica o conselho (ou recomendação preventiva): se você tem um Nexus 4, e ainda não atualizou para o Android 4.3 Jelly Bean, vale a pena esperar mais um pouco. Eu sei, a tentação é grande, mas os fóruns do aparelho na Google começaram a receber queixas de usuários insatisfeitos com o comportamento do aparelho após a atualização via OTA (Over The Air) para a última versão do Android.

Até onde consta, a maioria dos usuários que estão com problemas reclamam que o Nexus 4 simplesmente congelou na tela de inicialização (no grande “X” que aparece ao ligar o aparelho), ou entram em um processo de loop infinito de inicialização e reinicialização.

A única solução até agora encontrada foi restaurar as configurações de fábrica, ou reinstalar a versão anterior do Android, implicando assim a perda de todos os dados armazenados no dispositivo. Obviamente, essa não é a melhor solução para a maioria dos usuários.

Por outro lado, também foi detectado que os Nexus 4 que receberam a última atualização do aplicativo do Netflix apresentam problemas para iniciar o aplicativo de forma correta, e em alguns casos, até travando o smartphone. A única forma de fazer o telefone voltar a funcionar nesse caso é pressionando o botão de liga/desliga, para forçar a reinicialização.

A Google afirma que já identificou o problema (do Netflix) e já está trabalhando em uma solução.

Outros usuários também detectaram problemas de lentidão no sistema, dificuldades no desbloqueio de tela, problemas na galeria de fotos (que voltava a exibir miniaturas de imagens já deletadas, e quando o usuário removia essas miniaturas, o sistema apagava fotos novas), mensagens de crash e erro em aplicativos e quedas de desempenho registrados em resultados de benchmarks.

Ainda que algumas pessoas tenham se deparado com problemas considerados catastróficos no Nexus 4, muitos outros usuários atualizaram o dispositivo sem maiores problemas. Não há motivo para que se crie a histeria coletiva, ou se acendam fogueiras contra o robô verde. O mais provável é que os smartphones afetados representem uma porcentagem minima de todo o contingente de Nexus 4 disponíveis no mundo.

Mesmo assim, prudência, canja de galinha e um pouco de paciência não faz mal a ninguém.

Deixem na área de comentários como foi a experiência de vocês após atualizar o Nexus 4 para o Android 4.3. Estou curioso para saber se alguém no Brasil chegou a ter esses problemas.

Via Phones Review, fórums de produto da Google