amazon-fire-phone

Em junho, a Amazon anunciou o Fire Prhone, o seu primeiro smartphone, com recursos 3D com a ajuda de múltiplas câmeras e sistema operacional próprio (baseado no Android). Pois bem: que fim levou esse produto?

Segundo um estudo publicado pelo The Guardian – de acordo com estatísticas de tráfego na web -, o Amazon Fire Phone teria alcançado a fraca marca de 35 mil unidades vendidas. Aliás, o mesmo The Guardian usa dados de outro estudo realizado pela empresa de publicidade online Chitika (que monitora quais dispositivos visualizam seus anúncios ao redor do planeta), para informar que o tráfego consumido pelo Fire Phone é inferior a 0.02%. Para você ter uma ideia, é um número semelhante ao Motorola Droid Ultra, e muito atrás de um dos já líderes em vendas, o LG G3.

O Amazon Fire Phone não é um dos modelos mais elogiados pelos seus compradores (3 de 5 estrelas na própria loja da Amazon). Essa não é a melhor forma de começar, ainda mais para aquele que é o primeiro smartphone da Amazon. Algumas de suas funções são realmente interessantes, mas está claro que é um produto que ainda tem uma grande margem de melhora para conquistar.

Via The Guardian, Chitika