Segundo a Reuters, a Amazon planeja chegar ao Brasil em definitivo no quarto trimestre de 2012, mais precisamente entre os meses de outubro e novembro de 2012. A agência de notícias tem como fonte os representantes de editoras brasileiras, além de uma fonte da indústria que conhece os planos da Amazon.

A fonte afirma que “o Brasil será o primeiro país em que a Amazon entra apenas com os produtos digitais, e essa decisão foi tomada por motivos logísticos e dificuldades tributárias”. Ou seja, pelo menos por enquanto, a Amazon não vai trabalhar no mercado brasileiro com livros e filmes em formato físico, ou mesmo em dispositivos eletrônicos de parceiros. Por outro lado, dispositivos como o e-book reader Kindle e o tablet Kindle Fire devem ser lançados no mercado nacional.

Falando mais sobre o Kindle, a Amazon tem como objetivo principal dominar 90% do mercado brasileiro de e-books, aproveitando o fato de muitos brasileiros já acessarem o conteúdo da empresa pelos dispositivos comprados fora do país. A má notícia está no preço especulado para o leitor de livros eletrônicos da empresa no mercado nacional: R$ 500, valor que é três vezes maior do que aquele praticado nos Estados Unidos. Por outro lado, esse valor ainda é mais baixo do que os seus concorrentes, que fabricam os e-book readers no Brasil.

A Amazon espera oferecer no Brasil um acervo de aproximadamente 10 mil livros digitais até o período do Natal.

Via Reuters