A segunda novidade da Amazon no dia de hoje é uma nova versão do seu leitor de livros eletrônicos. O Kindle Touch é um simples leitor de e-books que não conta com controles físicos, sendo manejado pelo usuário através da tela touchscreen.

Serão oferecidas duas versões do produto: uma com WiFi, e outra, com WiFi + 3G (com conexão sem fio gratuita e vitalícia em mais de 100 países). Sua tela é multitouch do tipo e-ink Pearl, de 6 polegadas. A Amazon deixa claro que o produto não é um tablet (para isso, temos o Kindle), e sim um e-reader com tinta eletrônica tradicional.

Jeff Bezos, CEO da Amazon, disse que o produto possui “a tela e-ink mais avançada do mundo”, e que unido à sua eletrônica de baixo consumo, permite que o usuário desfrute de uma autonomia de uso de até dois meses. O e-reader conta com 4 GB de memória interna (aproximadamente 3 GB disponíveis para o usuário armazenar 3 mil livros), peso de 213 gramas e medidas de 172 x 120 x 10,1 mm.

Cabe um destaque para sua interface no modo de leitura. Ao abrir um livro, a tela se divide em três tarjas verticais: nas laterais, você pode mudar de página, para frente ou para trás; a tarja central é para você exibir as opções na tela. Se você faz clique em uma palavra em particular, uma função chamada X-Ray busca o seu significado na Wikipedia, entre outros recursos.

O Kindle Touch está disponível para reservas a partir de hoje, e o envio das primeiras unidades acontece em 21 de novembro. Preços: no lançamento, há uma promoção nos Estados Unidos, onde o modelo vai custar US$ 99. Após a chegada do e-book reader ao mercado, seus preços são de US$ 139 (WiFi) e US$ 189 (WiFi + 3G).

via Amazon