Alexa

 

Uma menina de seis anos pediu ao Amazon Echo instalado na sua casa uma casa de bonecas. Porém, os dispositivos com o sistema de inteligência artificial Alexa instalados na residência detectaram o comando de voz de um programa de televisão, o que fez com que o sistema realizasse uma leva de pedidos em massa.

O Alexa está se expandindo para vários dispositivos, e uma de suas vantagens é sua capacidade de realizar compras com um simples comando de voz. Nesse caso, a frase pronunciada pelas TVs da casa ativou os assistentes de voz de vários pontos da residência.

 

A obediência: uma característica que precisa ser controlada

 

 

O caso aconteceu em Dallas, Texas (EUA). A matéria da TV mostrava a eficiência do Alexa na compra de uma mansão para bonecas KidKraft Sparkle, além de 1.8 kg em bolachas. Até aí, tudo normal.

O problema começa quando outras eficientes unidades do Alexa decidem cumprir os pedidos do familiares a todo custo. No programa de TV, o apresentador pronunciou a frase “Adoro essa pequena criança dizendo ‘Alexa, me traga uma casa de bonecas'”. E isso ativou o pedido nas unidades do Alexa dos espectadores.

O canal recebeu várias reclamações da audiência, já que foi essa frase que ativou os pedidos. O apresentador afirma que em nenhum momento passou por sua cabeça que isso poderia acontecer e não revelou detalhes sobre o número de queixas recebidas.

Esse é mais um caso que serve de lembrete para configurarmo ao máximo as medidas de segurança do dispositivo, para evitar compras acidentais. Em novembro de 2016, vimos como a Amazon estava empenhada em devolver parte do dinheiro pelas compras acidentais feitas por crianças.

Sobre este caso, os pais (quando se deram conta do que aconteceu), instalaram um código de segurança para a realização de compras, além de doar as casas de bonecas para um hospital infantil local.

 

Via The Verge, The Register