boston-dynamics

A Alphabet Inc decidiu colocar a sua divisão de robótica Boston Dynamics à venda. Alguns funcionários da Google familiarizados com o assunto garantem que os executivos da empresa não estão dispostos a investir em uma divisão que não tem uma fonte de receita imediata.

O problema começou quase imediatamente depois da Google comprar a empresa no final de 2013. O laboratório Google X absorveu o projeto Replicant, porém, o restante da Boston Dynamics ficou sem função, e seus funcionários relatam que tiveram diversas dificuldades para trabalhar com outros engenheiros da Google na Califórnia e em Tóquio.

 

A Alphabet acabou com o amor

A situação piorou depois que a Google se transformou em Alphabet, já que a gigante se centrou nas sub empresas que resultaram mais interessantes para os investidores. A combinação de sucessos somado com a falta de produtos viáveis fizeram os executivos da empresa a ver a divisão de robótica como um risco, e em um e-mail interno, o diretor de comunicações da Google, Courtney Hohne, garantia que “há excitação da imprensa tecnológica, mas estamos começando a ver algumas opiniões negativas de que seja espantoso, e que sejam capazes de ocupar os postos de trabalho dos humanos”.

Conhecendo o cenário, o momento de fechamento ou dissolução da Boston Dynamics se aproxima a cada momento, onde a Alphabet entende que não pode gastar mais de 30% dos seus recursos em coisas que já possuem dez anos. A empresa entende que conta com uma margem de tempo para gerar receita que cubra os gastos, e isso deve acontecer em, no máximo, dois anos.

Por enquanto, a Boston Dynamics não fala sobre o assunto. Especula-se que o Instituto de Pesquisa da Toyota e a Amazon podem ser os possíveis compradores, mas nenhuma das citadas confirmam o interesse na compra. Como as fontes são confiáveis, vamos ficar de olho nos próximos acontecimentos.

Via Bloomberg