alienware-notebook-2015-01

Pode ser que os notebooks da Alienware (uma marca da Dell) não se destaquem pela baixa espessura, ou por não contarem com designs estilizados ou conversíveis. Mas eles nunca quiseram isso. Eles sempre foram orientados para os games, e trazer consigo a melhor configuração possível para tal. Dito isso, eles renovaram a sua linha de portáteis, além de apresentar uma nova edição do seu Alienware X51 Desktop.

Os lançamentos visam consolidar a marca para quem busca ‘o PC para toda a vida’ na hora de jogar. Os novos modelos chegam com novidades importantes, como portas USB Type-C, Thunderbolt 3 ou o Graphics Amplifier, que oferece acesso à placas gráficas dedicadas para os desktops.

 

Uma aposta renovada para os notebooks para games

Os notebooks chegam com telas de 13,3, 15,6 e 17,3 polegadas, com resoluções que vão desde os 1366 x 768 pixels do modelo mais básico de 13 polegadas até telas (inclusive touch) IPS opcionais UHD (3840 x 2160 pixels). Também estão presentes os processadores Intel Core Haswell (nada de Skylake por enquanto), gráficos que vão desde às placas NVIDIA GTX 960M até as GTX 980M, incluindo as Radeon R9 M395X, além de uma grande variedade de portas.

Os designs são mais robustos que os modernos ultrabooks, e os modelos contam com peso que variam entre 2.06 kg e 3.78 kg, com espessuras que vão de 27,9 até 34,4 mm, de acordo com a diagonal de tela. Todos os modelos são passíveis de overclocking dinâmico, tirando ainda mais partido do poder de fogo dos processadores.

Na parte de conectividades, temos WiFi 802.11 ac, e um conector de rede GbE. Os preços partem dos US$ 999 do modelo básico de 13 polegadas até US$ 1.499 do modelo básico de 17 polegadas, com grandes variações de preço de acordo com os itens escolhidos.

 

E se um notebook não é o suficiente para você…

anlienware-x51-desktop

O Alienware 18 ressurge das cinzas, dando um passo adiante com sua tela de 18.4 polegadas (1080p), processador Intel Core i7, gráficos NVIDIA GTX 970M ou 980M, disco rígido de 1 TB com opção de SSD de até 512 GB de acompanhamento, 16 ou 32 GB de RAM, uma boa quantidade de portas (4 USB 3.0, mas nada de USB Type-C), além de uma bateria de 86 Whr. Este mostro de 5.47 kg tem preço inicial sugerido de US$ 2.499.

Por fim, temos o Alienware X51, o desktop que marca a estreia da empresa com os novos processadores Intel Skylake (Core i5-6600K ou Core i7-6700K), com uma configuração que até poderia ser considerada ‘modesta’ para um equipamento desse fabricante: até 16 GB de RAM, gráficos GTX 960 ou Radeon R9 370, várias portas frontais e traseiras, conectividade 802.11ac e 802.11n em duas controladoras separadas, Bluetooth 4.0 e Gigabit Ethernet.

O mais curioso desse caso é que esse equipamento ‘híbrido’ da Alienware quase pode ser considerado como um intermediário entre os seus notebooks e os desktops da família Area 51. Isso se nota apenas pelas dimensões da caixa (343 x 318 x 95 mm) ou pelo peso (5.49 kg, apenas um pouco a mais que o Alienware 18), mas também pelas suas opções: teremos a possibilidade de escolher uma configuração com refrigeração líquida, mas também acesso ao Graphics Amplifier, que adiciona mais potência gráfica ao computador.

O preço inicial sugerido do Alienware X51 é de US$ 1.100, e tal como nos casos anteriores, não deve sair dos Estados Unidos com tanta facilidade.

Via AnandTech