650_1000_12811650773_294289d2ca_z

O Alibaba, gigante do comércio eletrônico criada por Jack Ma, tinha como principal objetivo ser uma potência na internet sem necessariamente passar por Silicon Valley. O próximo passo que mostra que eles estão empenhados em cumprir com essa missão está no fato que o site está desembarcando no Brasil, mas antes disso, eles entraram na bolsa de valores nesse final de semana, mostrando que estamos mesmo diante de uma das gigantes do seu segmento.

Depois de sua estreia na bolsa de valores de Nova York (EUA), as ações da empresa se valorizaram em quase 40%. Com isso, a Alibaba vale mais de US$ 200 bilhões, o que a coloca muito acima da Amazon ou Ebay quando falamos da gigantes do comércio eletrônico, ou do Facebook ou Twitter quando as duas realizaram o mesmo movimento.

O seu poder no mercado local, derrotando todos os concorrentes estrangeiros, foi o estímulo necessário para apostar em outros segmentos de negócio, como a educação, o meio ambiente e até mesmo as telecomunicações. Ou seja, a Alibaba não só pensa em expandir as suas áreas de atuação, mas quer participar de mercados que possam consolidar a empresa como uma proposta permanente, e não um sucesso passageiro.

O tempo vai mostrar o que vai acontecer. Pelo menos para esse começo, a empresa chama a atenção de muitos. E não é por acaso.