Android-Mosaico

Não é surpresa para ninguém. Muitos aplicativos Android enviam dados quando são utilizados, ao ponto de compartilhar uma grande quantidade de informações do usuário. Porém, isso é desnecessário na maioria dos casos.

Um estudo do MIT analisou o comportamento de 500 aplicativos populares para o Android, garantindo que quase todos os dados enviados não contam com qualquer efeito real no funcionamento dos aplicativos, salvo em casos muito concretos.

Para demonstrar isso, eles modificaram 47 desses 500 aplicativos, para eliminar essas comunicações desnecessárias. Desses, 30 se mantiveram em um estado idêntico ao dos originais, enquanto que os demais apresentavam diferenças menores, como por exemplo a ausência de anúncios online (algo muito bem vindo em vários casos).

Antes de pensar o pior, é preciso deixar claro que isso não quer dizer que esses dados enviados é um problema específico e limitado ao Android, muito menos que isso implica em algum tipo de uso malicioso, já que a maioria recolhe dados analíticos de desempenho e relatórios de erros, algo que também acontece no iOS.

Porém, há um grande problema. Ainda que na maioria dos casos a coleta de dados se resulte em algo totalmente inócuo, não sabemos exatamente o que são feitas com essas comunicações e com os dados enviados. E essa importante incógnita pode desembocar em mais um risco para a segurança do usuário.

Via MIT