Crise na Research in Motion! Tudo bem, a gente sabe que a fabricante canadense de smartphones corporativos está em uma crise profunda, e luta para se salvar no mercado, mas não dava para imaginar que o buraco era tão embaixo!

Com a chegada das vendas de final de ano (a.k.a. Natal), os pontos de vendas de smartphones e celulares fazem o que podem desde já para esvaziar os estoques atuais, para receber os novos produtos e lançamentos pensados no final do ano de compras. Nokia, Motorola, Samsung e Apple já apresentaram suas opções, que certamente estarão nas prateleiras em novembro ou dezembro, e até a HTC (que, repito, não está mais no Brasil) e a LG vão anunciar novidades na semana que vem.

Mas a Research in Motion vai na contramão do fluxo, e não vai lançar nada antes do começo de 2013.

A RIM está sofrendo, e ainda espera pelo lançamento oficial da plataforma BlackBerry 10. A empresa continua explorando as suas opções de licenciamento de outros softwares para lançar algum produto ainda nesse ano, mas a tendência é que eles só lancem novidades no começo do ano que vem, com a nova versão do sistema operacional móvel. Mas, de acordo com recente pesquisa feita pelo analista do Pacific Crest, James Faucette, se a empresa não tomar cuidado, tudo o que vai conseguir com essa demora é perder cada vez mais espaço no mercado, principalmente nos Estados Unidos.

Segundo o estudo, as vendas nos Estados Unidos de smartphones BlackBerry praticamente estagnaram durante o mês de agosto, se comparado com os números do mês de julho. As vendas estimadas (quando elas existem) representam apenas 20% daquilo que era vendido no país no começo do ano, e um número significativo de lojas de operadoras não realizou nenhuma venda de smartphones da RIM ao longo de um mês.

Para piorar, Faucette acredita que o BlackBerry 10 “pode ser tudo, menos uma aposta segura”, e afirma que a RIM pode ter problemas em ter o apoio das operadoras, pelo fato dos smartphones Android e do iPhone simplesmente dominar as vendas nas lojas de operadoras nos Estados Unidos. “Supondo que os primeiros smartphones com o BlackBerry 10 cheguem ao mercado no começo de 2013, acredito que temos evidências claras que os demais fabricantes simplesmente vão pressionar o mercado a ponto que esses modelos da RIM não tenham espaço significativo no mercado”, crava James em sua análise.

Os especialistas do mercado de tecnologia ainda acreditam que o BlackBerry 10 ainda pode vingar, por ser um sistema de alta qualidade, e totalmente preparado para o estilo BlackBerry de ser, mesmo sendo diferente de um BB convencional. É esperar para ver. Com tanto lançamento bom dos concorrentes, vai ficar cada vez mais difícil para a fabricante canadense.

Via BGR.com