comprarreproductormp3

Houve um tempo onde um reprodutor de músicas em MP3 portátil era uma grande novidade. Hoje, estamos acostumados a reproduzir arquivos em MP3 em todos os dispositivos que nos rodeiam. Principalmente o smartphone, que carregamos conosco (quase) o tempo todo. O smartphone praticamente acabou com esse mercado, que tinha o iPod como símbolo.

Porém, o MP3 player segue oferecendo uma série de vantagens, que o transformam em uma grande opção, dependendo dos hábitos do usuário, é claro. Eu ainda tenho o meu iPod Touch de 64 GB, uso ele diariamente, e sou muito feliz com ele. Por conta disso, esse post serve para ilustrar os prós e os contras de ainda contar com um MP3 player no bolso.

Smartphones: todas as suas músicas no seu bolso

smartphone-mp3

A principal pergunta nesse momento é:

Quem quer levar dois dispositivos quando um é mais do que suficiente?

Quase ninguém, entendo eu.

Esta é a questão fundamental, que acabou colocando o smartphone como o novo líder da música digital móvel. Os sistemas operacionais móveis atuais (Android, iOS, Windows Phone, etc) oferecem uma grande variedade de alternativas para os amantes da música. Além dos aplicativos padrão, a loja integrada com a plataforma escolhida, que permite a compra de músicas em MP3, além de uma extensa lista de aplicativos para reprodução e gerenciamento de músicas e bibliotecas. Sem falar na compatibilidade com serviços de streaming, que é outro fator chave para a dominância dos smartphones.

Serviços como o Spotify e o Pandora são dois grandes exemplos de serviços por streaming, e ambas desenvolveram versões de aplicativos para os principais sistemas operacionais móveis. E cada vez mais os usuários estão atraídos pela proposta de ouvir uma imensa livraria de músicas, sem precisar baixar nada, e de graça (com algumas limitações; a versão paga – e livre – custa US$ 10 por mês).

Com US$ 10, você compra apenas 10 músicas no iTunes. Grande diferença, certo?

E, de quebra, você paga para habilitar a reprodução sem precisar de uma conexão com a internet, a partir de centrais multimídia ou sistemas de áudio para o lar.

Comprar um MP3 player ainda tem as suas vantagens

comprar-reproductor-mp3

Ter um MP3 player ainda tem as suas vantagens.

Os players dedicados são menores e resistentes. A maioria dos smartphones hoje contam com telas com mais de 4 polegadas, e isso pode ser desconfortável para a manipulação e o transporte em determinadas situações. O iPod Shuffle, por exemplo, é um dos modelos mais portáteis e resistentes do mercado, pois em caso de quedas, ele (muito provavelmente) não vai sofrer dano algum. Diferente de um smartphone (na maioria dos casos).

Além disso usar um MP3 player significa uma economia de bateria e memória do seu smartphone. Eu tenho um Moto X, que consegue sobreviver a um dia de uso regular. Porém, se eu começo a ouvir músicas com ele, as chances disso acontecer são reduzidas drasticamente. Sem falar que o smartphone da Motorola contam com apenas 11 GB livres para os meus dados. Logo, mais que justificada a minha compra do iPod Touch de 64 GB.

Por fim, um MP3 player ainda é muito barato. Para esportistas, amantes de música ou para quem não quer ficar sem a bateria do smartphone no final do dia, o investimento feito em um dispositivo exclusivo para música é realmente baixo, onde você pode adquirir um player de marcas consagradas, mas sem precisar vender o seu rim para o mercado negro. Diferente de um smartphone top de linha no Brasil.