VHS videocassete

A Funai Electric, última empresa que ainda produzia videocassetes (ou VCR), anunciou o fim de sua produção e, consequentemente, a morte do formato.

Alguns dos leitores mais jovens se perguntam do que eu estou falando. O VHS foi um sucesso absoluto, e monopolizou durante quase duas décadas os sistemas de reprodução e gravação de vídeos em ambiente doméstico. Foi o vencedor de uma das mais lendárias guerras de formato de mídia, derrotado o Betamax e o Video 2000.

O VHS foi desenvolvido pela JVC e comercializado para o mercado de grande consumo por ela e pela Panasonic em 1976. Sua melhor estratégia de comercialização, maior flexibilidade nas licenças, acordos com grandes distribuidoras e maior capacidade de gravação que os dispositivos Bet da Sony na época ajudaram a determinar um domínio absoluto, deixando o VHS como o formato padrão do mercado.

VHS videocassete

Anos depois, a indústria tentou um novo formato com o Laserdisc, mas o seu alto custo e a impossibilidade de regravação impediram o seu sucesso, apesar da qualidade muito superior. Só com a chegada do DVD, com um uso muito similar ao videocassete no design e no funcionamento, foi possível estabelecer o início do descenso do VHS.

Agora, o VHS chega oficialmente ao fim. Mas saiba que ainda tinha muita gente adquirindo esse tipo de produto. Em 2015, foram vendidas 750 mil unidades de reprodutores. Por outro lado, começa a ser complicado encontrar componentes para a sua construção e manutenção.