sensor-medidor-energia-mit

 

Famílias entram em guerra para controlar o consumo de energia em, e sempre há um empurrar de culpabilidade sobre quem gasta mais.

Pois bem, o MIT vai ajudar a dedurar os gastões. Uma rede de sensores nos cabos de luz permitem a análise dos fluxos elétricos, informando qual é o tipo de dispositivo que gasta mais energia.

 

 

Aplicações domésticas e militares

 

sensor-medidor-energia-mit-02

 

O estudo envolve também pesquisadores da Office Naval Research (ONR) da Marinha dos Estados Unidos, e juntos eles desenvolveram um sistema de cinco sensores que ficam em cima ou próximo das linhas elétricas que alimentam os diferentes dispositivos da residência.

Os sensores seriam capazes de diferenciar o consumo de cada dispositivo por identificar as “assinaturas elétricas” de cada um deles.

Dessa forma, é possível detectar quais ligam e desligam, qual a frequência e em quais horários, mostrando a intensidade dos sinais.

Tudo isso é exibido em tempo real em um aplicativo no smartphone, permitindo uma análise de determinados horários.

A utilidade militar do sistema visa maximizar o consumo energético nesses setores.

Os desenvolvedores acreditam que o sistema final se transforme em um produto comercial com custo final muito baixo (entre US$ 25 e US$ 30 por casa), com uma instalação muito simples, que pode ser feita por qualquer usuário, dispensando a ajuda de técnicos especializados.

 

Via Phys.org