Na semana passada, a Apple realizou o seu último keynote do ano (ou não… ninguém agora sabe o que realmente se passa na cabeça de Tim Cook…), e entre os diversos produtos apresentados, dois novos computadores receberam uma importante novidade. Os novos iMac e Mac Mini (2012) contam agora com o Fusion Drive, que é o já conhecido sistema híbrido entre HDs e SSDs, mas na visão da Apple. Ok, mas… o que realmente é o Fusion Drive?

O sistema é o resultado da integração do disco rígido e da memória Flash que já conhecemos. Aí você me pergunta: “onde o Fusion Drive é diferente dos demais discos híbridos que já conhecemos?” Eu respondo: o Fusion Drive conta com um software que gerencia o comportamento dessa unidade, tornando ela mais “inteligente” que as demais.

Os novos dispositivos de armazenamento da Apple buscam oferecer ao usuário uma maior capacidade de armazenamento, mas também contando com elevadas taxas de transferência de dados, que se não alcançam as mesmas velocidades de uma unidade SSD, ao menos vão ser mais rápidas que os discos rígidos tradicionais (de pratos), com a ajuda do gerenciamento eficiente do OS X em relação aos dados.

Como o Fusion Drive funciona?

Como já mencionei um pouco acima, o sistema conta com um HD para o armazenamento, e uma unidade SSD para o software. Porém, o que torna o Fusion Drive especial é que a Apple desenvolveu uma tecnologia que oferece um gerenciamento inteligente desses dados. Com o Fusion Drive, o sistema vai aprender, a partir do comportamento do usuário, quais são os arquivos ou programas mais utilizados por ele, para armazenar de forma automática na unidade Flash, oferecendo assim um acesso mais rápido a esse conteúdo quando necessário, e aqueles que não são tão requisitados serão automaticamente remanejados para o disco rígido, com um acesos mais lento.

Além disso, na unidade Flash estará instalado de modo padrão o sistema operacional (como já era de se esperar) e alguns aplicativos da Apple, como o iLife ou o iWork, que chegam instalados de forma padrão nos computadores Mac. Todas essas características que o Fusion Drive incorpora através do seu software terão como resultado um maior desempenho nesses computadores.

Disponibilidade do Fusion Drive

O Fusion Drive estará disponível em duas configurações:

– capacidade de 1 TB de HD e 128 GB de SSD, para o iMac de 21.5 e 27 polegadas, e para o Mac Mini.
– capacidade de 3 TB de HD e 128 GB de SSD, apenas para o iMac de 27 polegadas.

No futuro, é esperado que a Apple desenvolva a evolução do Fusion Drive, adicionando mais espaço de armazenamento via SSD e, talvez (e eu disse talvez) incorporá-lo ao MacBook Pro do futuro, para contar com um maior armazenamento, apesar de ser pouco provável ver a Apple aumentando a espessura de sua linha de portáteis em nome de uma maior capacidade para armazenamento de dados.

Via