A Adobe apresentou seus últimos papéis à Comissão de Mercado de Valores dos Estados Unidos, como manda a lei, e no seu último informe financeiro mostra o perigo que a Apple pode representar ao seu negócio, por mencionar o interesse de outroas empresas no HTML5. Textualmente, a Adobe expressa que “dado que os lançamentos de sistemas operacionais, ou outros produtos, plataformas ou dispositivos de terceiros, como o Apple iPhone ou o iPad, fazem com que seja mais difícil que nossos produtos possam avançar, e nossos clientes estão sendo persuadidos para usar tecnologias alternativas e, com isso, nosso negócio pode sofrer”. O texto chega (curiosamente) um dia depois que a Apple anuncia que vai repreender todo e qualquer desenvolvedor que estiver pensando em implementar o compilador Flash CS5 para o iPhone, e isso sem mencionar o anúncio do iAd. Some à isso o fato que a Microsoft informar que não vê nenhum inconveniente em utlizar o HTML5, dá como resultado o aparente desespero dos executivos da Adobe.

Fonte