cyanogen-inc-modulos

 

O novo CEO da Cyanogen Inc, Lior Tal, informa em comunicado oficial que seu novo programa Cyanogen Modular OS va adicionar mais opções de controle e personalização nos smartphones Android, com módulos dinâmicos baseados no Cyanogen OS.

Com isso, a empresa abandona o seu sonho de ser o terceiro sistema operacional móvel do planeta, se dedicando aos sistemas modulares d software para smartphones.

Além da chegada de Lior Tal como CEO no lugar do co-criador da empresa Kirt McMaster, o próprio Kirt passa a ser presidente executivo, enquanto que o outro co-criador, Steve Kondik,passa a ser diretor científico executivo.

A Cyanogen já flertou com o conceito modular no programa MOD, que permitia que parceiros (como a Microsoft) modificasse certos aspectos mais profundos do software, para criar um sistema operacional personalizado.

Com o novo Modular OS Program, a ideia é oferecer aos fabricantes a mesma possibilidade de oferecer smartphones modificados, que usam certas funções do Cyanogen OS em uma versão stock do Android. Basicamente é aproveitar o melhor da plataforma sem precisar oferecer o Cyanogen OS na íntegra.

Os últimos meses não foram muito fáceis para a Cyanogen. Em julho, a empresa demitiu 20% dos seus funcionários (aproximadamente 30 pessoas), e e os rumores indicavam que a empresa estava mudando sua estratégia que apontava para aplicativos em desenvolvimento, algo que Steve Kondik negou na época.

Agora, a dúvida que fica é: que tipo de suporte os usuários do Cyanogen OS vão receber. Lior Tal revela que o software conta com dezenas de milhões de usuários. Algo exagerado, mas não duvidamos que muita gente ficará desamparada.

 

Via Cyanogen