apple-stocks-

Uma das curiosidades dos blogs e veículos de tecnologia era saber como o mercado se comportou com os novos anúncios realizados hoje (10) pela Apple. Pois bem, o Google Finance vai ajudar a responder essa pergunta, mostrando como o comportamento foi, digamos, “peculiar”. E como o iPhone 5C não foi bem visto pelo mercado financeiro.

Observem que, na véspera do evento da Apple (09 de setembro), as ações da Apple estavam em uma margem superior aos US$ 505 por ação, algo que é bem aceitável para uma empresa do seu porte (essas ações já chegaram a valer mais de US$ 700 por ação, mas esses tempos não voltam mais). Já no dia do evento (10 de setembro), as ações já estavam abaixo dessa margem, algo natural pela relativa expectativa gerada pelo evento.

Pois bem, o evento começou às 2 PM (horário de Nova York, que é onde fica o mercado financeiro norte-americano), e dali por diante, só caiu.

Mas o mais curioso desse gráfico é que, de forma coincidente (ou não), no horário do anúncio do iPhone 5C, o gráfico registra uma queda violenta, ficando na faixa dos US$ 490 por ação. O valor da Apple só volta a se recuperar nos horários onde as novidades do iPhone 5S são apresentadas. Porém, o aumento não foi suficiente para trazer essas ações de volta para a casa dos US$ 500.

Resultado: enquanto a Dow Jones e a Nasdaq registraram alta, a Apple fechou o dia com 2.28% de queda. E isso poderia ser pior.

Uma coisa a ser considerada é que, no final do pregão, as ações da Apple estavam e recuperação, e isso só não continuou porque o pregão fechou às 5 PM (horário de Nova York). Resta esperar para saber se amanhã (11), com os ânimos mais calmos e com todas as informações assimiladas, se essas ações voltam a subir o seu valor de mercado.

Particularmente, acredito que o aumento vai acontecer. Mas é inevitável dizer que a primeira impressão do mercado financeiro não foi das melhores.

Via Yahoo! FinanceGoogle Finance