acerwacer-iconia-w3-810straightkbmat

Apesar da Acer ser um fabricante totalmente dedicado à fabricação de computadores com Windows (a quarta maior do mundo nesse segmento), as coisas podem estar próximas de mudar. E rapidamente. O jornal Wall Street Journal indica que a empresa vai se aproximar um pouco mais da Google, deixando a Microsoft um pouco de lado.

Eles pretendem lançar nos próximos meses novos modelos da linha Chromebook e dispositivos com o sistema Android, ao mesmo tempo que vai reduzir os seus esforços no desenvolvimento e produção de computadores com Windows 8.

O chefe da junta diretiva da Acer, J.T. Wang, informou que os smartphones, tablets e Chromebooks representarão entre 10 e 12 por cento das vendas da empresa nesse final de ano, e esse número pode alcançar a marca de 30% em 2014. Se isso realmente acontecer, fica bem justificada a mudança de estratégia, ainda mais com um mercado de vendas de computadores (PCs, notebooks, ultrabooks, netbooks, etc) cada vez menos rentável.

Vamos esperar para ver se suas previsões se concretizam. A única certeza que podemos dizer nesse momento é que a coisa está ficando cada vez mais feia para os lados de Steve Ballmer e sua turma (pelo menos no que se refere ao segmento que está no DNA da Microsoft: o software para PCs).

Via WSJ