Acer Predator Orion 9000

A Acer anunciou na IFA 2017 o seu novo desktop gamer Acer Predator Orion 9000.

Essa besta recebe os recém lançados processadores Intel Core i9 Xtreme Edition de 18 núcleos (o mais potente do mercado nesse momento), trabalhando com até 128 GB de RAM DDR4, com uma potência gráfica absurda, podendo receber duas placas NVIDIA GTX 1080i em SLI ou até quatro placas Radeon RX Vega.

Tais configurações são importantes não apenas para os games, mas para os entornos de realidade virtual. Mas se você ainda precisa de um overclocking, pode contar com o recurso One-Punch, que entrega o boost de desempenho com um simples toque de um botão.

 

 

Na conectividade, o Acer Predator Orion 9000 inclui duas portas USB 3.1 Gen 2 (uma delas Type-C), oito portas USB 3.1 Gen 1 (Uma Type-C e sete Type-A) e duas USB 2.0, além de três slots M.2 e quatro slots PCIe x16.

Seu acabamento é contundente, com elementos para mudar a configuração da máquina rapidamente, e conta com elementos que facilitam o transporte, como alças e rodas.

Na estética, o preto e o prata dominam a carcaça, que pode ser personalizada com iluminação RGB inclusive nos ventiladores. Além disso, o Acer Predator Orion 9000 conta com refrigeração líquida e tecnologia proprietária IceTunnel 2.0 para manter o fluxo de ar em várias áreas térmicas individuais que expulsam o ar quente do interior do equipamento.

 

 

A família Acer Predator Orion 9000 chega ao mercado em novembro, com preço inicial sugerido de 1999 euros. O modelo com processador Core i9 e várias placas gráficas tem preço base de 3.000 euros.