twitter turquia

A situação da Turquia se estabilizou, e a tentativa de golpe no país fracassou. Mas nas primeiras horas de sucesso do golpe, o acesso ao Facebook, Twitter e YouTube foi bloqueado aos cidadãos do país.

A conta do Twitter @TurkeyBlocks revelou que os três serviços foram bloqueados enquanto que o Instagram e o Vimeo seguiram disponíveis. O acesso aos serviços foi recuperado uma hora e meia depois, e alguns cidadãos turcos ainda utilizavam os serviços com a ajuda de VPNs.

O departamento do estado dos Estados Unidos reconheceu o problema, enquanto que os responsáveis pelo Twitter indicavam que, de acordo com os seus dados, o serviço na Turquia não estava bloqueado. O Facebook não fez comentários sobre o tema, enquanto que o YouTube reconheceu o bloqueio.

O uso das redes sociais em eventos desse tipo é uma arma poderosa para informar o resto do mundo sobre o que realmente acontece em um determinado local em tempo real. Já vimos o impacto dessas redes quando elas foram cruciais nos eventos da Primavera Árabe em 2011, e alguns países restringem o acesso dessas redes como novo mecanismo de censura.

Via TechCrunch