sony-xperia

A Sony ainda sofre das especulações sobre a venda da sua divisão de smartphones Xperia. Eles já se retiraram do mercado de notebooks e de livros eletrônicos, deixando claro a mudança nos rumos dos seus objetivos empresariais.

Hoje, o Wall Street Journal informa que a Sony ainda fabrica componentes para outras marcas, como Apple e Samsung, líderes do mercado mobile global. As duas utilizam os sensores fotográficos da Sony para as suas câmeras, e isso gera um lucro para os japoneses de US$ 20 para cada smartphone vendido.

Apple e Samsung usam esses sensores porque apenas a Sony tem o nível e a infraestrutura necessária para satisfazer a alta demanda desses fabricantes. E bem sabemos que o mercado de smartphones não é mais uma prioridade da Sony, mas isso não quer dizer que eles vão abandonar esse segmento de produto tão rapidamente.

Não só eles seguem fabricando componentes para os seus parceiros, mas eles também vão manter a aposta na linha Xperia por mais algum tempo. O Xperia Z4, por enquanto limitado ao mercado japonês, é uma prova disso. Outra evidência está nos indícios da existência dos modelos Z4 Compact e Z4 Ultra.

Ainda de acordo com o WSJ, a Sony se reorganizou no começo de 2015 em três grandes grupos de trabalho, de acordo com as suas prioridades e expectativas econômicas: entretenimento (videogames, filmes, música) e sensores de imagem, câmeras fotográficas/de vídeo e dispositivos de áudio, e smartphones e tablets.

2015 é um ano de mudanças importantes para a Sony, empresa com quase 70 anos de história, que se vê obrigada a competir em um mercado de tecnologia mais feroz do que nunca. E isso obrigou a empresa a replanejar a sua estratégia. Se eles acertaram ou não em suas decisões, veremos nos próximos resultados financeiros.

Via WSJ