vivo-logo-w782

Recentemente eu alterei o meu plano de telefonia móvel na Vivo, saindo de um plano Smartvivo Controle de 500 MB para o plano de 800 MB, pagando R$ 10/mês a mais para 300 MB a mais de dados e o dobro do bônus para fazer o que quiser. Pode não parecer muita coisa, mas como ‘bônus’, eu finalmente pude começar a usar a rede 4G que se faz presente em Araçatuba (SP) em algum tempo.

E eu estou gostando dessa brincadeira.

Estou utilizando essa conectividade no meu recém atualizado Motorola Moto Maxx (com Android 5.0.2 Lollipop), e já tinha conhecimento que essa rede estava em testes pela Vivo. Porém, não sabia qual era o alcance do sinal em diferentes pontos da cidade. Enfim, agora que estou com um plano compatível com essa conexão, estou podendo aproveitar dessa conectividade, que pode ser definida como uma ‘bênção’ para quem precisa ficar conectado o tempo todo.

Por enquanto, a rede 4G da Vivo em Araçatuba está funcionando bem. Muito bem. Melhor do que eu esperava. Para quem tinha que conviver com um 3G+ que alcançava aproximadamente 1 Mbps (com boa vontade) de taxa de download, passar para um 4G batendo a 55 Mbps é uma contundente vitória.

A taxa de upload, que antes era de 50 Kbps (de novo, com muita boa vontade) no 3G, passou para mais de 2 Mbps no 4G, algo que torna minhas atividades de envio de conteúdo algo mais viável e funcional.

É claro que algumas coisas precisam ser observadas no processo. Por exemplo, em determinados estabelecimentos comerciais e prédios mais elevados (onde naturalmente o sinal de rede móvel perde qualidade), o sinal cai para o 3G+ (ou H+ que é visto na maioria dos dispositivos), algo que ainda me coloca no lucro, já que antes ele ficava em EDGE ou GPRS, deixando a navegação inviável.

Agora, fica a curiosidade em saber como é a performance do 4G da principal concorrente: a Claro. Não conto com a TIM para isso porque é uma operadora cuja internet nunca funcionou de forma decente (desculpa, mas essa operadora aqui só serve para quem quer economizar nas chamadas de voz… e olhe lá), e a Oi não está oficialmente na cidade (apesar de vender os seus chips e operar com linhas aqui).

Se bem que um chip custa apenas R$ 10, não é?

De qualquer forma, #ficadica. Mesmo podendo ser melhor (e acho que sempre pode, porque pagamos caro por isso), o 4G da Vivo está funcionando muito bem em Araçatuba. Para quem tem um smartphone compatível com as redes 4G, o plano Smartvivo Controle de 800 MB pode ser uma interessante relação custo/benefício. Afinal de contas, o primeiro plano Smartvivo Pós da operadora custa R$ 99,90/mês, e oferece apenas 500 MB de dados.

Resta saber se a Claro consegue oferecer um bom desempenho com o 4G. Da última vez que tentei usar o 3G da operadora em Araçatuba, o resultado foi o pior possível. Será que eles melhoraram?