samsung-silicon-valley

O complexo da Samsung nos EUA vai ganhando forma. Já conta com 85% de sua construção concluída, e será um ponto importante da cidade de San José, Califórnia, dentro do Silicon Valley.

A necessidade de estar lá não se baseia apenas em ter escritórios bem comunicados com os demais parceiros, mas também ser um símbolo de representação da Samsung no país. Ao mesmo tempo, Apple, Google e Facebook estão reformulando os seus escritórios na Califórnia, mostrando que a competição existe até nos edifícios.

As fotos do final do post mostram como estão as obras, e é possível ver que há um avanço considerável em relação às últimas imagens exibidas em janeiro. São 10 prédios adornados de metal e vidro, que chamam a atenção.

 

O projeto está em 85%

samsung-silicon-valley-02

Quem assina os projetos são os arquitetos da NBBJ, que garantem que eles alcançaram os 85% de conclusão do novo lar da Samsung na América – onde também eles vão controlar as ações da América Latina -, um projeto que custará US$ 300 milhões. A maioria do trabalho que falta está nos interiores dos edifícios, e nos jardins que rodeiam o complexo.

Existem dois edifícios, conectados, que ocupam uma área de 10 hectares, e algumas instalações são pensadas no trabalho com semicondutores, escritórios para gerenciamento de marketing e vendas, e até um centro esportivo. Não é confirmado o número de pessoas que vão trabalhar no complexo, mas especula-se que gira em torno de 2.500 funcionários. A maioria sul-coreanos.

Mais fotos a seguir.

2560_3000 (28) 2560_3000 (27) 2560_3000 (26) 2560_3000 (25) 2560_3000 (24) 2560_3000 (23) 2560_3000 (22) 2560_3000 (21) 2560_3000 (20) 2560_3000 (19) 2560_3000 (18) 2560_3000 (17) 2560_3000 (16)

Via WSJ