A Microsoft e a Walmart unidram forças, com o objetivo comum de (quem sabe) destronar a Amazon. Uma tarefa que, convenhamos, não é nada fácil.

As duas empresas serão uma só em tudo o que a Walmart precisar no armazenamento na nuvem e processamento de dados, utilizando os recursos do Azure e do Office 365.

É perfeito… se funcionar, é claro. A estratégia de Satya Nadella passa pelo entendimento que o mercado empresarial é bem mais relevante do que aparenta.

Se Google e Apple focam cada vez mais no consumidor final, por que a Microsoft faria o contrário? E estamos falando do Walmart, que não é qualquer cliente.

E esta é apenas mais uma de várias empresas que já usam o Azure e de outros serviços da Microsoft. Veremos até que ponto essa parceria pode render bons frutos.

Esperamos que sim. Ambas tem o potencial de crescimento, e não precisam ficar tão atrás da Amazon. Juntas, elas podem se aproximar de forma considerável da empresa de Jeff Bezos.

 

Via Microsoft