smartphone-mwc-teaser

Os olhares começam a se voltar para Barcelona, visando a edição 2016 da Mobile World Congress. Várias apresentações estão em programação, mas nos últimos anos a feira está com sua visibilidade em xeque: seria um evento com repercussão mundial? Ou apenas um trampolim para futuros lançamentos.

Parece que em 2016 o calendário tende a se modificar para principais fabricantes de smartphones, mais precisamente para aqueles que esperamos ver no evento apresentando os seus modelos top de linha, de entrada ou intermediários. Recentemente falamos que a LG pode antecipar em um mês a apresentação do seu LG G5, e parece que a HTC pode fazer justamente o contrário, apresentando o HTC One M10 apenas em março. Essa mudança dos taiwaneses levanta suspeitas.

 

Dos gigantes que “chegaram por chegar” em Barcelona

mwc-2015-samsung

Ao que parece, a Samsung segue com a sua tradição de realizar uma edição do Unpacked na semana da MWC, visando fazer barulho para apresentar os seus novos smartphones top de linha. Pode ser que eles fiquem em vantagem em relação aos rivais, pelo menos no fator midiático, já que terão centenas de veículos falando só dos produtos deles antes dos demais.

Vale lembrar que a MWC nunca foi o território da Apple, o que facilitou a vida da Samsung nos últimos anos nesse evento. Porém, a coisa pode mudar na edição 2016 da feira, há que ávidos competidores esboçam a ideia de lançar modelos protagonistas na mesma semana que o grande evento de mobilidade da Europa.

A LG é uma dessas candidatas. Eles podem antecipar em um mês o lançamento do LG G5, que deve ser apresentado no dia 21 de fevereiro, no mesmo dia em que deve acontecer mais uma edição do Samsung Unpacked. A LG entra para a briga, se mostrando seguro sobre as melhorias do seu modelo top de linha, diante de uma Samsung que, apesar de mostrar claramente que evoluiu no seu top de linha em 2015, não obtém os resultados financeiros esperados.

 

Muito para muito pouco barulho

s6-teaser

Por outro lado, o prudente seria deixar que “as gigantes se estapeiem” na MWC, e fugir das apresentações nessas datas, com o objetivo de atrair mais atenção. Talvez por isso Microsoft e HTC aproveitam outras janelas de tempo.

A Microsoft vai apresentar em 1 de fevereiro o Lumia 650, modelo de linha média cujo antecessor (Lumia 640) foi conhecido em uma MWC. Já a HTC faz o contrário: deve apresentar o HTC One M10 apenas em março, enquanto que o HTC One M9 recebeu duras críticas ainda nos stands da MWC no ano passado. E no caso desse último, o evento não deu o impulso que a marca precisa para se recuperar de um momento de queda nas vendas.

 

Façam suas apostas

htc-one-m9-teaser

Por enquanto, a LG não confirma oficialmente o lançamento do LG G5. Eles só informam que vão apresentar um top de linha no dia 21 de fevereiro, o que pode ser também mais um modelo da linha G Flex. Para a HTC, especula-se que o HTC One M10 só será apresentado em março mesmo, com sua chegada ao mercado em abril.

A decisão da HTC seria por conta de uma mudança drástica no design do smartphone, o que é algo muito positivo, levando em conta o seu conservadorismo nos últimos lançamentos. A inspiração poderia ser o HTC One A9, que também não se livrou por completo das críticas por contar com um design muito familiar.

Logo, um renovado One M10 incorporaria um processador Qualcomm Snapdragon 820, bateria de 3.000 mAh, leitor de digitais e câmera traseira de 23 MP. Outra novidade que algumas fontes indicam é a inclusão da certificação IP68, o que tornaria o modelo resistente à água e poeira, e colocaria mais lenha na fogueira sobre a mudança drástica de design.

Será que a HTC vai deixar de lado a construção unibody de metal nos modelos top de linha?

Só o tempo vai dizer.