650_1000_650_1000_sgs6-leaked-02

Desde novembro de 2014 se especula que o próximo Samsung Galaxy S6 contaria com a memória interna baseada no padrão UFS 2.0, que na teoria ofereceria uma evolução equivalente ao que os computadores tiveram quando as unidades SSD substituíram os discos rígidos tradicionais.

A Samsung informa que suas unidades UFS 2.0 são pelo menos 2.7 vezes mais rápidas na leitura de dados que os atuais sistemas eMMC, além de oferecer uma redução de 50% no consumo de energia. Ou seja, os futuros smartphones que receberem essa unidade devem funcionar de forma mais fluída, e com uma melhor autonomia de bateria, sem aumentar a sua capacidade. E o novo Samsung Galaxy S6 parece ser o candidato ideal para a estreia dessas novas unidades.

De acordo com a Samsung, o padrão UFS 2.0 será um divisor de águas dentro do segmento de smartphones top de linha. Hoje, temos as barreiras lógicas do preço, do processador utilizado, do acabamento do dispositivo e do potencial técnico da câmera traseira do dispositivo.

650_1000_ufs-press-release_20150225

As novas memórias que chegarão nos próximos meses aos melhores smartphones elevarão ainda a sua capacidade base, pois apenas serão fabricadas unidades com 32, 64 ou 128 GB de armazenamento.

Um ótimo passo para esquecer de vez as unidades microSD, uma vez que o novo padrão supera o antigo em 26 vezes na velocidade de gravação de dados.