Faz alguns meses que vários computadores da Força Aérea dos Estados Unidos foram afetados por um malware, devido ao simples fato que eles usavam Windows… e alguns operadores menos habilidosos. Essa constrangedora situação fez com que a Marinha norte-americana não pensasse duas vezes, e instalou o sistema Linux em todos os computadores que vão controlar uma de suas UAV no momento da aterrisagem.

O contrato para a instalação do sistema operacional do Tux tem um valor de US$ 28 milhões, e foi fechado sem concurso com a Intelligence and Information Systems de Raytheon, empresa que vai criar uma distribuição especial para o segmento militar. Sobre o uso da GPL, eles garantem que pode fazer todas as mudanças necessárias no código sem a obrigação de compartilhá-lo abertamente, fazendo que que o software seja utilizado exclusivamente pelos militares, e os contratados não poderão manter nenhum tipo de direito sobre o software.

O uso do Linux afeta o 168 Northrop Grumman MQ-8B UAV, mas não seria surpresa ver a Marinha adaptando esse sistema operacional em todos os computadores importantes dos seus escritórios e departamentos.

Via CNET