O que você vê acima é a  Full Circle, que foi desenvolvido pelos criativos coreanos Sanghyun Jeong e Jun-Tae Park. Seu conceito é bem legal: ela é uma bicicleta dobrável e compacta, que usa rodas grandes (de 20″ de raio), e com um tamanho diminuto, para poder trafegar bem no difícil tráfego de Seul (ou de São Paulo, se você conseguir um dia uma dessas). Ela não conta com correntes, pois os pedais (que também são dobráveis) estão diretamente conectados na roda da frente, sendo responsável pela força motora da bicicleta.

Pelas imagens, ela parece ser uma bicicleta de apenas uma marcha, mas não é. Ela possui um sistema de mudança de marchas, que facilita a vida do usuário. Mas, o mais legal da bicicleta é a sua estrutura dobrável, que é bem simples, e torna a vida do usuário mais prática, pois permite que a mesma seja dobrada facilmente para ser transportada em um metrô, ou que seja guardada em casa de forma mais cômoda. A maioria de suas partes são dobráveis, inclusive o guidão e a barra de selim. Realmente, um conceito muito, muito interessante.

Fonte