A tela completa de um smartphone de 2007 cabe no espaço equivalente a dois ícones nos smartphones atuais.

Muitos podem pensar que os smartphones pouco ou nada evoluíram ao longo dos anos. Mas nada como olhar para o que o mercado oferecia há dez anos atrás, e logo percebemos que o que víamos era o equivalente ao que temos hoje em dois ícones.

A tela do primeiro iPhone (320 x 480 pixels) representa hoje a área que agora é coberta por dois ícones do iPhone X (2436 x 1125 pixels).

 

 

O mesmo acontece de forma ainda mais expressiva quando comparamos uma tela de um Android G1 (320 x 480 pixels) com uma tela de um Galaxy S8 (2960 x 1440 pixels). Nesse caso, a tela completa do primeiro smartphone Android da história nem sequer chega a ocupar a área de dois ícones.

É revelador que a própria Samsung entenda que os usuários já não conseguem perceber tanta resolução, com dispositivos que chegam com uma resolução virtual de 1080 x 2220 pixels para poupar recursos. E tem gente que nem sabe que pode ajustar essa resolução para mais ou para menos.

 

Logo, da próxima vez que você achar que nada evolui em uma década, lembre-se que, em 2007, usávamos smartphones com resolução de tela equivalente a dois ícones do seu smartphone atual.