iphone-teaser-evolução

A Apple costuma anunciar quantos iPhones vendeu durante o seu primeiro final de semana de vendas. Desde a sua primeira geração até os últimos iPhone 6s e iPhone 6s Plus, se passaram oito anos. E se compararmos as vendas dos últimos iPhones com as gerações anteriores?

A Apple anunciou um novo recorde de vendas para um final de semana de lançamento de novos iPhones, onde o iPhone 6s e o iPhone 6s Plus venderam 13 milhões de unidades nos primeiros três dias de mercado. Apenas para comparar: o primeiro iPhone (2G/EDGE) de 2007 vendeu 700 mil unidades no mesmo período. É uma diferença considerável.

E como foi essa evolução ao longo dos anos?

Foram nove gerações de iPhones em oito anos. A tabela abaixo mostra o desempenho de vendas de cada modelo no período que a Apple define como “first weekend sales”, com o número de unidades vendidas e o período de lançamento. Os números são oficiais:

ModeloLançamentoPeríodo de vendasVentas (milhões de unidades)
2G/EDGE29 Jun. 0729-31 Jun. 070.7
3G11 Jul. 0811-13 Jul. 081
3GS19 Jun. 0919-21 Jun. 091
424 Jun. 1024-27 Jun. 101.7
4S14 Out. 1114-16 Out. 114
521 Set. 1221-23 Set. 125
5S + 5C20 Set. 1320-22 Set. 139
6 + 6 Plus19 Set. 1419-21 Set. 1410
6S + 6S Plus25 Set. 1525-28 Set. 1513

Ou seja, a curva de crescimento é positiva o tempo todo, e desde o primeiro modelo de 2007 até o último. A Apple sempre vende mais smartphones geração após geração, sem exceção. Os dados só melhoram a cada ano, com exceção do iPhone 3GS (2009), que manteve os números do iPhone 3G (2008).

Chama a atenção em especial a importante mudança ocorrida em 2013: desde os 5 milhões de unidades do iPhone 5 até os 9 milhões obtidos pelos modelos iPhone 5s e iPhone 5c (combinados), ano que a Apple colocou dois modelos no mercado. Desde então, em todos os anos (2013, 2014 e 2015), a empresa coloca dois modelos, cada um com um perfil diferente do outro.

apple-iphone-teaser

Está bem claro que, para a Apple, os iPhones são um negócio muito lucrativo, com grande importância nos seus lucros. E essa tendência positiva se renova a cada geração, alcançando novos recordes a cada novo período de vendas.

Por falar em recordes, o período de vendas mais forte para os iPhones é o último trimestre de cada ano, por conta principalmente dos novos modelos. Em 2014, 74.6 milhões de smartphones (Q4 de 2014) foram vendidos, e o primeiro final de semana de vendas dos novos iPhones só indicam que eles podem repetir ou até superar esses números.

Podem superar as 100 milhões de unidades vendidas dos novos iPhones? Em janeiro de 2016 teremos a resposta dessa e de outras perguntas.