spider-man

Muitos de nós sonhamos em algum momento de nossas vidas ser um super herói, e o fato é que, entre todos eles, o Homem-Aranha é, sem dúvida, um dos mais populares. Porém, do ponto de vista científico, um dos mais complicados sonhos a se tornar a realidade tão sonhada por muitos.

O Homem-Aranha tem poderes incríveis: agilidade e força sobre-humanas, escalar por (quase) qualquer superfície, e lançar teias de aranha de elevada resistência para deslocar, pegar, lançar coisas e atacar seus inimigos. Com tudo isso em mente, é meio óbvio pensar que nenhum ser humano poderia se transformar nesse herói, mas um grupo de pesquisadores desocupados da Universidade de Cambridge não ficaram satisfeitos com essa realidade, e pesquisaram em busca de uma explicação científica e aprofundada.

As conclusões? Pois não.

Escalar de forma natural e harmoniosa não é algo que está ao alcance dos animais de um tamanho de uma aranha, e o motivo é bem simples: as aranhas não conseguem vencer a força da gravidade. O ser humano (por exemplo) precisaria de uma substância adesiva nas suas extremidades, que deveriam ter um tamanho de aproximadamente 40% do nosso volume total do corpo. Em outras palavras, você seria um super herói bem “deformado” (para não dizer que você seria muito feio).

Porém, não podemos descartar os avanços científicos do futuro, que podem resultar em algum tipo de ferramenta que torne tal façanha possível. Mas do ponto de vista científico, um Homem-Aranha está bem longe de ser algo bem natural. A parte da superforça até dá para compensar. Mas… lançar teias sem a ajuda da tecnologia? Ainda não…

Via Engadget