650_1000_apple-watch-6_1

Segundo os dados publicados no 9to5Mac, a bateria do Apple Watch contará com uma autonomia de uso entre 2 horas e meia e 4 horas de uso ativo de aplicativos.

A Apple queria que a autonomia do relógio fosse suficientemente duradoura para aguentar pelo menos um dia de uso, mas a tela Retina e o processador A5 que formam parte do smartwatch são fatores essenciais para uma autonomia da bateria, que tal como ocorre em outros modelos, será uma das limitações mais evidentes.

É preciso observar que o uso ativo de duas horas e meia não é algo tão decepcionante assim. Segundo as fontes citadas no post original, um uso menos exigente (ativo/passivo) permite ampliar essa autonomia para até 19 horas. A monitorização da atividade física fará com que essa autonomia se limite nas quatro horas de registro desses dados.

Os dados terão que ser comprovados quando o relógio chegar ao mercado, mas é importante observar que esse uso intenso não deve ser algo tão frequente, e que em um uso mais normal é provável que a Apple alcance pelo menos o mesmo que outros relógios inteligentes alcançam hoje sem maiores problemas, ou seja, um dia de uso.

Por outro lado, se isso não acontecer, a Apple pode ter um problema muito sério logo no ato do lançamento do Apple Watch.

Via 9to5Mac