Windows-10

O vice-presidente de sistemas operacionais da Microsoft, Terry Myerson, confirmou que a atualização do Windows 10 será gradual, e não simultânea. Ou seja, você terá que ter um pouco de paciência quando os updates estiverem disponíveis.

Palavras de Terry Myerson:

A partir do dia 29 de julho, lançaremos o Windows 10 para nossos Insiders. A partir daí, vamos notificar os usuários cujos sistemas estão reservados em várias levas, aos poucos e de forma crescente. Dia a dia, com os lançamentos, vamos escutar, aprender e atualizar a experiência para todos os usuários do Windows 10.

A ideia aqui é clara: oferecer a atualização do Windows 10 desde o primeiro dia de lançamento para todos os Insiders, enquanto que aqueles que reservaram a sua cópia mas não participaram do programa terão que esperar. Não foram dados prazos, mas é fato que não podemos tomar essa notícia como negativa, já que temos uma explicação muito clara para a decisão.

Por outro lado, por não dar prazos concretos, a Microsoft evita de fazer promessas que não podem cumprir, e por outro lado, ao optar por uma atualização escalonada, ela se garante que não se produzam colapsos em seus servidores, de modo que não aconteçam quedas massivas que compliquem a vida dos usuários.

Via Blog oficial da Microsoft