Apple

 

A publicação com a data da WWDC 2017 feita pela Apple é acusada de ser um possível plágio de um design já utilizado pela arte do caderno do Festival de Cinema de Málaga (Espanha), de 2010.

Cristian Rus, do site Applesfera, levantou esta similaridade, e não precisamos pensar muito para identificar tais semelhanças.

E a dúvida esta lançada: a Apple copiou ou não copiou nesse caso?

É claro que existe a possibilidade, mas o mais provável é que a imagem original estivesse disponível em uma base de vetores para compra e utilização em diferentes publicações. Seu criador é o designer Geoff McFetridge, que nunca mais utilizou a imagem em nenhuma campanha… até agora.

McFetridge foi contratado pela Apple para produzir a campanha da WWDC 2017, e o artista não teve ideia melhor do que usar uma criação que já era do seu portfólio.

 

 

Isso livra a Apple de eventual culpa, e coloca em evidência a agência que cuidou da campanha do festival de cinema, a Barfutura, que jamais indicou que as imagens foram compradas de uma base de recursos.

Outro dado a se levar em consideração: o cartel teve que ser apresentado em 2009 para sua utilização em 2010, ou seja, com datas anteriores às datas de McFetridge.

Logo… será que o artista plagiou o cartaz do festival? Ou já tinha em sua base de dados e utilizou no anúncio da Apple?

 

Via John GruberTwitter (christianrus4)Hipertextual, Bafutura