A Samsung lançou oficialmente o Samsung Galaxy S7 Black Pearl, nas versões normal e Edge.

Além do novo acabamento, o modelo oferece 128 GB de armazenamento nativo. São duas novidades que visam cobrir a carência do Galaxy Note 7 do mercado, além de fazer com que todos se esqueçam do modelo explosivo.

 

 

Além disso, o modelo quer competir com a versão Black Piano do iPhone 7, que se tornou a versão mais interessante do smartphone da Apple.

O Samsung Galaxy S7 Black Pearl é a sétima versão do acabamento de cores para o smartphone.

De fato, a Samsung tinha a opção Black Onyx, mas não devia ser preto o suficiente para competir com o modelo da Apple.

 

 

 

Cores para todos os gostos. Mas o modelo entrega todas as características dos smartphones que já conhecemos,  que estão na lista dos melhores modelos de 2016.

Um design bem cuidado, uma impressionante tela Super AMOLED, os processadores Snapdragon 820 ou Exynos 8890 (de acordo com os mercados) e os 4 GB de RAM LPDDR4.

A outra novidade é a capacidade de armazenamento, com exclusivos 128 GB. Uma pena que esse modelo só está disponível em mercados selecionados (não sabemos se chegará ao Brasil), e seu preço não foi revelado.