smartphone velho

 

Se Papai Noel te deixou um novo smartphone embaixo da árvore, você é um felizardo. Ao mesmo tempo, você agora está na dúvida sobre o que fazer com o modelo que você usava até agora.

O primeiro impulso é deixar ele em uma caixa ou jogá-lo no lixo. Mas na verdade, há várias coisas que podemos fazer com este smartphone para que ele siga sendo útil, ou recuperar parte do seu valor.

 

 

Presenteie alguém

 

O seu velho smartphone pode ser o presente perfeito para algum parente ou amigo que possui um telefone ainda mais antigo ou em piores condições do que o seu.

Convém aqui deixar o seu smartphone bem limpo, e não apenas com um reset de fábrica. Dá mais trabalho deixar o modelo como novo, mas é bem melhor do que saber que alguém acessou dados que não deveria.

 

 

Revenda o telefone

 

Se você visa obter algum lucro com o smartphone, a alternativa é vender o mesmo como qualquer outro produto de segunda mão. Aqui, ajuda e muito se você cuidou bem do dispositivo ao longo do tempo.

O mercado de segunda mão é muito ativo no segmento de smartphones, pois muitos usuários trocam de dispositivo com muita frequência. Há vários sites para publicação de anúncios, e você pode recuperar parte do valor pago no produto.

 

 

Doar ou reciclar

 

Os smartphones que não usamos podem ser muito úteis para outras pessoas que não podem ter um dispositivo desse. Várias associações ajudam no processo de doação ou reciclagem. Alguns serviços podem enviar o telefone de forma simples para que outras pessoas possam utilizar, ou para que seus componentes sejam reciclados.

 

 

Smartphone de batalha

 

Se você não quer levar o seu novo smartphone para qualquer lugar, colocar o antigo “para a briga” é uma boa opção. Viagens, baladas, grandes shows ou atividades de grande risco são situações onde o modelo antigo volta a ser protagonista.

 

 

Reprodutor multimídia

 

Apesar do seu novo smartphone também servir para consumo de conteúdos multimídia, o seu velho dispositivo pode se transformar em um singular centro de entretenimento, disponível sempre para esse propósito na sua casa.

Apesar de ser possível instalar soluções como Plesk ou Kodi em dispositivos Android, é provável que seja mais interessante aproveitá-lo em combinação com um Chromecast, para transmitir a partir do smartphone conteúdos de algum dos muito serviços de áudio e vídeo disponíveis.

 

 

Experimente ROMs

 

Se o seu velho dispositivo é um Android, sempre é possível utilizá-lo para testar novas ROMs para este telefone. A vantagem é poder faze risso sem medo, visando identificar se a nova ROM também pode ser adotada no seu novo smartphone.

Já no caso do iOS, você precisa fazer o jailbreak no iPhone para obter a liberdade que esse tipo de operação exige nos smartphones da Apple.

 

 

Porta retratos e segunda tela

 

Apesar de ser bem mais interessante em tablets Android e iOS, é possível utilizar o seu velho smartphone com um porta-retratos digital, para exibir imagens com um pequeno toque diferencial.

O mesmo podemos dizer da reutilização desses dispositivos como segunda tela: podemos conectar tablets iOS e Android nos PCs e notebooks para que eles atuem como monitores de apoio.

 

 

Despertadores e espelhos inteligentes

 

Se velho smartphone também pode se transformar em um bom acompanhante de seu criado mudo, e mesmo que esse recurso também esteja presente no seu novo dispositivo, não é uma má ideia reaproveitar o antigo modelo para que ele se comporte permanentemente como despertador, com a ajuda de aplicativos.

Se um despertador é meio básico para você, tente utilizá-lo como um espelho inteligente, onde além de seu reflexo é possível ver informações relevantes “retroprojetadas” no espelho. O resultado é espetacular.

 

 

Câmera de vigilância

 

Uma das propostas mais populares é reutilizar o smartphone como um sistema doméstico de segurança, que capta e grava imagens em vídeo do interior da sua casa.

Temos aqui opções para iOS e Android, com aplicativos cada vez mais chamativos, que não só gravam como transmitem em tempo real as imagens para outro dispositivo.