evolução-mercado-mobile

Quem somos? De onde viemos? Como evoluíram os smartphones? Dessas perguntas, duas são difíceis de responder, e uma terceira será ilustrada nesse post, em um vídeo produzido por Viktor Bohush, que mostra a progressão de vendas dos sistemas operacionais móveis desde 2007, onde o Symbian e a Nokia eram as forças dominantes.

Em 2007, a Apple apresentou o iPhone, e nesse ano iniciou-se uma efetiva batalha no mundo dos smartphones. A partir daí, a hegemonia do Symbian começou a cair, perdendo o protagonismo no mercado e na animação do final do post. O Android apareceu no final de 2008, meses depois do lançamento do HTC Dream (ou T-Mobile G1, em setembro), o primeiro smartphone Android. Enquanto isso, vemos um Windows Mobile que resiste.

Só em 2011 vemos o nascimento do Windows Phone 7, meses depois de sua apresentação. Sua barra vai aumentar de forma mais paulatina que os demais, com um discreto crescimento com cada apresentação de dispositivos, principalmente vindos da Nokia. E por fim, uma tímida aparição do Bada para completar os gráficos.

O autor coloca um contador que progride de mês a mês, que ajuda a visualizar algo que já sabemos pelos números aproximados de cotas de mercado e vendas globais: que o iOS experimentou um crescimento visivelmente notável depois do lançamento anual de seus smartphones, que meses depois volta a ceder, com um aumento sólido do Android.

Bohush utiliza como fonte de dados para os seus vídeos a Wikipeda, mostrando como estão as plataformas atuais e as do passado. Ao tratar das vendas, o gráfico não mostra o crescimento dos usuários que estão no Cyanogen, que é hoje superior ao número de usuários do Windows Phone e da BlackBerry juntos. Aliás, a coluna da antiga RIM é quase imperceptível há quase três anos, algo que não vai mudar tão cedo, já que o último lançamento da empresa conta com o sistema operacional Android.

Vídeo a seguir.

 

Via Microsiervos