fragmentação-android

Mais um capítulo da série “a fragmentação do Android”. Segundo um estudo do Duo Labs, 32% dos usuários do sistema operacional da Google ainda usam a versão 4.0 ou inferior.

Isso pode não parecer tão grave se todos fizessem um uso inteligente do dispositivo, mas sabemos que não é bem assim. A vulnerabilidade Stagefright, que afetou mais de 950 milhões de terminais baseados no Android, é um claro exemplo: ele segue sem solução em grande parte dos dispositivos, principalmente os mais antigos.

Uma situação complicada que os responsáveis do estudo adicionam outros dados preocupantes: um em cada três usuários de smartphones Android não utilizam códigos de desbloqueio de tela, e de um modo geral tem um maior descuido em matéria de segurança.

O pessoal do Duo Labs comentou que os fabricantes deveriam fazer as atualizações de segurança mais visíveis aos usuários e incentivá-los a baixar essas atualizações, além de dar um pequeno toque de atenção à Google com a frequência de atualização de sua linha Nexus.

49834_1_32-percent-android-users-run-4-older-vulnerable-exploit

Tudo isso só reforça uma triste realidade: que a situação da fragmentação e da segurança do Android é realmente bem ruim. É preciso acontecer uma mudança radical nesses pontos, pelo bem dos consumidores.

Via TweakTown